Manifestantes entram em confronto com policiais

Muitos policiais responsáveis pela segurança na Plaza de Mayo e na Casa Rosada estão descontrolados. A polícia montada ataca manifestantes sentados no solo da praça que são pisados pelos cavalos. A tropa de choque agarra pessoas pelos cabelos e as arrastam até os camburões, onde estão sendo detidas.Na tentativa de dispersar a multidão que se concentra na Praça de Maio, por reiteradas vezes, a polícia resolveu adotar técnicas mais agressivas e de combate. Neste momento, os manifestantes estão sendo atacados com bombas de gás lacrimogêneo, balas de borracha e caminhões pipas jogando água em toda a área. A situação é muito tensa. A repressão policial não intimida os manifestantes, que avançam e retrocedem o tempo todo em direção à praça. Alguns devolvem as bombas de gás para a zona isolada da polícia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.