Manifestantes fazem greve na França

Manifestantes organizaram protestos em diversas partes da França e realizaram uma greve nacional nesta terça-feira. A mobilização tem como objetivo mostrar repúdio ao plano do governo francês de fechar um buraco de 20 bilhões de euros no sistema previdenciário do país.

AE, Agência Estado

10 Setembro 2013 | 09h22

A greve convocada por quatro sindicatos contra a reforma proposta pelo governo socialista não teve quase nenhum impacto sobre o tráfego nos sistemas de ônibus, metrô ou de outros serviços públicos de transporte ferroviário. A manifestação desta terça-feira pode ser considerada como algo bastante contrastante com os protestos às vezes violentos que eclodiram na última vez que um governo francês tentou reformar o seu sistema de aposentadoria.

As manifestações ocorreram em Paris e outras 180 cidades, mas, já como alguns sindicatos moderados se recusaram a participar, a mobilização perdeu força.

O plano francês deve ampliar gradualmente o número de anos em que os funcionários têm de pagar contribuições para reivindicar uma pensão integral. O período de contribuição passará de 41,5 anos, para 43 anos em 2035. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
françaprotestos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.