Manifestantes incendeiam emissora de rádio na Líbia

Manifestantes incendiaram hoje a sede de uma emissora de rádio na cidade de Benghazi, na Líbia, segundo disseram testemunhas e uma fonte do setor de segurança à agência France Presse. "A rádio está em chamas", disse uma testemunha, enquanto outro afirmou que as forças de segurança haviam deixado o prédio durante a tarde, depois da invasão dos manifestantes.

AE, Agência Estado

18 de fevereiro de 2011 | 18h25

Um funcionário líbio confirmou as informações e disse à France Presse que a ação foi "um crime contra a segurança e a estabilidade do país". Há relatos de que manifestantes teriam enforcado dois policiais na cidade de Al Baida, a terceira maior do país. Os protestos pedem a saída do coronel Muamar Kadafi, que controla o país há quase 42 anos. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.