Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Manifestantes israelenses entram em confronto com a polícia

A polícia de Israel lançou bombas de gás lacrimogêneo contra cerca de 2.000 ativistas israelenses - judeus e árabes - que tentavam entregar ajudahumanitária na cidade sitiada de Ramallah, na Cisjordânia. Os ativistas, que gritavam frases contra o primeiro-ministro israelense, Ariel Sharon, foram barrados quando chegaram ao posto de checagem da polícia de Ram, no limite da Cisjordânia, ao norte de Jerusalém. O posto controla a estrada que leva a Ramallah. Além das bombas de gás lacrimogêneo, policiais atingiram com cassetetes alguns manifestantes.

Agencia Estado,

03 de abril de 2002 | 18h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.