Manifestantes lançam explosivos contra bancos em Oaxaca

Grupos de manifestantes lançaram artefatos explosivos contra duas agências bancárias de Oaxaca na madrugada desta segunda-feira, destruindo janelas e aumentando a tensão nesta cidade colonial mexicana. As explosões, segundo as autoridades, foram de autoria de um grupo previamente desconhecido, a Organização Revolucionária Armada do Povo de Oaxaca.Foi o mais recente ato de violência em Oaxaca, capital do Estado de mesmo nome, onde nos últimos meses milhares de manifestantes levantaram barricadas e tomaram o centro da cidade.De acordo com o funcionário do município Eliodoro Díaz, as explosões danificaram levemente as fachadas dos bancos.As manifestações começaram em maio último, quando dezenas de milhares de professores em greve tomaram as ruas da capital em demanda por melhores salários. Em junho, o governador Ulises Ruiz enviou a polícia à capital numa tentativa de recuperar a região central. Desde então, centenas de esquerdistas e anarquistas se juntaram-se aos professores em greve, construindo barricadas, queimando ônibus e invadindo estações de rádio e televisão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.