Manifestantes param o trânsito em Nova York

Dezesseis pessoas protestaram contra a ocupação israelense dos territórios palestinos e contra a guerra promovida pelos Estados Unidos contra o Iraque, deitando no meio de um movimentado cruzamento de Nova York. Algemados uns aos outros, os manifestantes se sujaram com sangue falso e gritavam "A ocupação é um crime. Libertem o Iraque e a Palestina". As frases de ordem competiam com motoristas apressados que buzinavam na esquina entre a 5ª Avenida e a Rua 47. A manifestação pacífica causou congestionamento por diversas quadras de Manhattan. Os pacifistas foram levados pela polícia. Veja o especial :

Agencia Estado,

26 de março de 2003 | 18h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.