Manifestantes pedem reformas na Indonésia

A polícia usou jatos d´água para dispersar milhares de manifestantes que pediam reformas democráticas em Jacarta, na Indonésia. Esta foi a terceira manifestação em três dias ao redor do parlamento, onde os legisladores realizam um encontro anual de duas semanas. Aproximadamente 7 mil pessoas, em sua maioria estudantes, exigiam a realização de eleições presidenciais diretas e a eliminação de um bloco de 38 cadeiras reservadas a representantes das forças de segurança. "Reformas ou morte", gritavam os manifestantes. Não houve registro de feridos ou detenções. A manifestação terminou de forma pacífica.

Agencia Estado,

06 Agosto 2002 | 15h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.