Manifestantes põem esterco na porta da casa de Berlusconi

Manifestantes antiglobalização puseram três barris cheios de esterco diante da residência do primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, desafiando o forte esquema de segurança montado na capital da Itália para a cúpula da União Européia. Cerca de 50 ativistas deixaram os barris e fugiram. Há policiais o tempo todo fazendo a guarda da fachada da residência, e não está claro como os manifestantes conseguiram a proeza.A ?autoria? dos barris foi atribuída a um grupo que chama a si mesmo de ?Os Desobedientes?, que deverão estar entre os 30.000 manifestantes que irão às ruas durante a cúpula européia. A cúpula abre as negociações para a Constituição européia. Ela reunirá os 15 países-membros da União, os 10 países que ingressarão em breve e três candidatos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.