Manifestantes retomam praça central na capital do Bahrein

Milhares de manifestantes voltaram para a Praça Pérola, centro simbólico dos protestos no país, depois que o governo ordenou a retirada dos tanques e outros veículos armados da área onde esta semana ocorreram dois confrontos violentos com as forças de segurança.

AE, Agência Estado

19 de fevereiro de 2011 | 12h19

A polícia disparou bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha para tentar dispersar a multidão, mas os manifestantes continuaram rumo à praça e a polícia recuou. No que parece uma tentativa de reduzir a tensão no país, o Exército foi substituído neste sábado por policiais antimotim nas imediações da Praça Pérola.

Em comunicado enviado aos jornalistas, o governo disse que o príncipe Salman bin Hamad Al Khalifa, vice-comandante das Forças Armadas, "ordenou a retirada de todos os militares das ruas do Bahrein com efeito imediato". As forças policiais continuarão a controlar a ordem, diz a nota.

Líderes da oposição insistiam na retirada das tropas para entrar em negociações oferecidas pela família real. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Bahreinprotestospraça central

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.