Manifestantes sul-coreanos atacam base americana

Vários coquetéis molotov foram lançados hoje contra uma base militar dos Estados Unidos na Coréia do Sul em protesto contra uma sentença que absolveu dois soldados americanos envolvidos num acidente automobilístico no país asiático. As explosões não deixaram feridos, embora a tensão continue alta no país, em particular nos arredores da Embaixada dos EUA em Seul e nas bases militares americanas.Cerca de 20 estudantes universitários fabricaram os coquetéis molotov e os lançaram contra a entrada de Camp Grey, pequena base militar ao sudoeste de Seul que é utilizada como depósito. Camp Grey está localizada próxima a Yongsan, a principal base militar dos EUA na zona da capital sul-coreana.Atualmente, 37.000 soldados americanos estão na Coréia do Sul em cumprimento de um acordo entre Seul e Washington estabelecido no final da Guerra da Coréia, em 1953. Segundo o acordo, as forças militares americanas estacionadas no país asiático encontram-se sob a jurisdição dos EUA, inclusive para delitos cometidos fora das bases.Dentro deste contexto, na semana passada um tribunal militar americano na Coréia do Sul absolveu dois soldados que em 13 de junho último causaram um acidente de automóvel, no qual morreram duas estudantes sul-coreanas de 14 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.