Manifestantes tomam as ruas da Venezuela

Partidários de ambos os lados da política da Venezuela tomaram as ruas do país, neste sábado, após quase duas semanas de grandes manifestações.

AE, Agência Estado

22 de fevereiro de 2014 | 16h57

Em Caracas, dezenas de milhares de opositores do governo tomaram vários quarteirões da cidade, no maior protesto realizado até agora contra o governo do presidente Nicolas do Maduro, que está há dez meses no poder. Em toda a cidade, uma multidão, formada majoritariamente por mulheres, estava vestida com camisetas e bonés de beisebol vermelhos, que representam a cor do Partido Socialista de Maduro.

Os protestos ocorrem depois de uma ofensiva de uma semana da oposição, que resultou na prisão do líder linha-dura Leopoldo Lopez e de dezenas de ativistas. Os líderes da oposição pedem que Maduro resolva problemas como o aumento da criminalidade e da inflação galopante ou renuncie. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
VenezuelaManifestações

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.