Maoístas lideram contagem de votos no Nepal

Eleição para Constituinte marca fim de dez anos de guerra civil no país

Agência Estado e Associated Press,

12 de abril de 2008 | 16h23

Os ex-rebeldes maoístas do Nepal assumiram uma inesperada liderança na apuração do resultado da eleição de quinta-feira para a Constituinte, que busca consolidar o acordo que encerrou dez anos de guerra civil.   Eles lideram em 65 dos 122 distritos com contagem em andamento e venceram em 23 dos 33 distritos com apuração já encerrada. Entre os vitoriosos está o líder maoísta Prachanda, cujo antigo nome de guerra rebelde era "o feroz".   "A vitória é um comando do povo nepalês para que se estabeleça paz duradoura", disse Prachanda, de 54 anos. "Estamos totalmente comprometidos com o processo de paz, a democracia multipartidária e a reconstrução deste país."   O resultado final das eleições só deverá ser divulgado em algumas semanas.

Tudo o que sabemos sobre:
maoístaeleições Nepal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.