Maoistas protestam contra saída de premiê

Simpatizantes do partido maoista nepalês tomaram as ruas de Katmandu para protestar contra o que consideram um golpe da oposição contra o premiê maoista Pushpa Kamal Dahal. Ele renunciou na segunda-feira. O presidente nepalês, Ram Baran Yadav, deu um prazo de quatro dias para que os partidos formem um novo governo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.