Maradona apóia Fidel: argentinos são lambe-botas dos EUA

O ex-jogador Diego Maradona deu razão ao presidente cubano Fidel Castro ao reiterar que "nós, argentinos, somos lambe-botas dos americanos". "Fidel não descobriu nada de novo. Me incomoda que os argentinos se recusem a encarar a verdade. Está na hora de aceitarmos que há muito tempo somos lambe-botas dos americanos" disse o ex-capitão da seleção argentina de futebol, nesta segunda-feira, ao retornar ao país para participar de um programa esportivo na televisão.Fidel Castro provocou uma crise nas relações argentino-cubanas ao declarar há dez dias que se o governo do presidente Fernando de la Rúa votar novamente a favor de uma condenação a seu país na Comissão de Direitos Humanos da ONU, isto equivalerá a ser "lambe-botas dos ianques". Maradona está residindo há um ano em Havana, onde se submete a um tratamento por dependência a drogas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.