Maradona reitera apoio irrestrito a Cristina

O ex-técnico da seleção argentina Diego Armando Maradona disse ontem ser um militante da presidente Cristina Kirchner durante um jantar organizado ontem pelo secretário de Comércio da Argentina, Guillermo Moreno, em Dubai. "Sou cristinista", disse o ex-craque argentino, que chegou a trabalhar como técnico no Oriente Médio após fracassar na seleção. "Não nos vencerão, digam o que digam, façam o que façam." A presidente argentina está nos Emirados Árabes em visita oficial e se reuniu com empresários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.