Marcha homenageia vítimas do atentado em Bagdá

Em silêncio, cerca de 3.000 pessoas participaram em Genebra de uma marcha silenciosa em homenagem aos funcionários das Nações Unidas mortos no atentado à sede da organização em Bagdá, na semana passada, entre os quais o diplomata brasileiro Sérgio Vieira de Mello.A maior parte do grupo era formada por colegas das vítimas, mas também participavam membros de outras organizações internacionais baseadas em Genebra.Os funcionários da ONU disseram à rede britânica BBC que o atentado deixou todos com medo, mas não desmotivados. "Quando cheguei a Bagdá para buscar o corpo de Vieira de Mello, o nosso pessoal que estava lá disse que queria continuar trabalhando", disse Bertrand Rancharam, alto comissário de Direitos Humanos interino da ONU, que está substituindo Sérgio Vieira de Mello, titular do cargo quando foi morto no atentado.As informações são do site da BBC em português. Para ler o noticiário da BBC, que é parceira do estadao.com.br, clique aqui.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.