Marcha indígena contra Correa chega a Quito

Cerca de mil manifestantes indígenas e outros movimentos sociais chegaram ontem a Quito, no final de uma marcha contra a exploração de cobre e ouro em áreas de reserva ambiental. Em resposta aos ativistas, o presidente Rafael Correa reuniu manifestantes em um ato governista nos arredores do Palácio de Carondelet. Ele disse estar disposto a dialogar com os líderes indígenas sobre o projeto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.