Marine Le Pen pode perder imunidade parlamentar

A líder da extrema-direita francesa, Marine Le Pen, poderá perder a imunidade no Parlamento Europeu por comentários feitos durante um comício em 2010, quando comparou as orações de rua de muçulmanos a uma ocupação do território francês. Jaume Duch Guillot, porta-voz do Parlamento, confirmou neste sábado que o comitê da União Europeia votou preliminarmente sobre o assunto e disse que uma votação final foi marcada para o próximo dia 11.

AE, Agência Estado

01 de junho de 2013 | 17h40

Se de fato perder a imunidade, a líder da Frente Nacional poderá ser acusada de racismo na França, onde um procurador abriu uma investigação sobre os comentários. O partido de Marine, que se opõe à imigração, ficou em terceiro lugar nas eleições francesas do ano passado, impulsionado em parte por eleitores preocupados com a expansão da minoria muçulmana no país. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
FrançaMarine Le Pen

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.