Marinha mexicana encontra 10 corpos em valas comuns

Um suposto membro do cartel do narcotráfico Los Zetas levou as autoridades mexicanas a dois ranchos onde foram encontradas duas valas com dez corpos no Estado de Veracruz, na costa do Golfo do México. A Marinha mexicana disse que deteve o suspeito Francisco Alvarado Martagón na terça-feira, quando ele dirigia um automóvel sem o imposto de licenciamento pago e tentou passar por uma barreira de fuzileiros navais sem parar o carro. Interrogado, Martagón disse integrar o cartel Los Zetas e revelou a existência de locais onde a organização criminosa enterrava corpos de pessoas assassinadas, tanto de cartéis rivais quanto de desafetos de Los Zetas.

AE, Agência Estado

08 de fevereiro de 2012 | 16h17

A Marinha afirma que inspecionou os dois ranchos e encontrou duas valas com dez corpos em decomposição e que continua as buscas. Veracruz tornou-se nos últimos meses um campo de batalha entre Los Zetas e o rival cartel de Sinaloa. As autoridades mexicanas encontraram ao redor do país centenas de corpos enterrados clandestinamente por seus matadores em valas comuns nos últimos anos, em grande parte nos Estados nortistas de Durango e Tamaulipas.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.