Marinheiro chinês sobrevive após 39 horas sob o Yang-tse

O marinheiro chinês Gao Linyuan, de 31 anos, conseguiu sobreviver durante 39 horas a 14 metros da superfície do Rio Yang-tse-kiang, em um pequeno compartimento do barco em que viajava, que naufragou nesta semana. O barco, segundo os jornais chineses, naufragou numa colisão múltipla entre uma embarcação de tamanho médio e vários rebocadores. O Yang-tse é um dos maiores rios da China e apresenta grande movimentação de barcos de carga e passageiros. Gao, natural da província de Jiangsu, no leste da China, disse no hospital, depois de ser salvo, que sentiu muito frio e teve muito medo, ao pensar que o pequeno espaço onde estava, em que havia um pouco de ar, poderia ceder com a pressão da água.O marinheiro foi resgatado na quinta-feira, dois dias depois do acidente. Sua esposa, Wu Xueli, quem também viajava no barco, continua desaparecida. Xiong Jinshan, de 60 anos, que comandou as operações de resgate, disse que em toda sua carreira "nunca viu um milagre parecido".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.