Mark Green admite derrota para Bloomberg

O democrata Mark Green admitiu na madrugada desta quarta-feira a derrota para o republicano Mike Bloomberg na disputa pela prefeitura da cidade de Nova York.A disputa entre os dois candidatos foi acirrada. Bloomberg recebeu 711.189 votos, mas Green não ficou muito distante e teve 670.413 votos. Os dois candidatos centraram suas campanhas na reconstrução de Nova York depois dos ataques contra o World Trade Center no dia 11 de setembro.Bloomberg, bilionário da mídia americana que nunca ocupou um cargo público em sua vida, gastou US$ 50 milhões do próprio bolso para financiar sua campanha, a mais cara da cidade de Nova York. A campanha de Mark Green, por sua vez, custou US$ 12 milhões e foi bancada por doações ao Partido Democrata."Demos tudo o que podíamos, mas não foi suficiente", disse Green ao reconhecer sua derrota. "Peço à cidade que dê seu apoio" a Bloomberg, acrescentou o democrata.A vitória foi uma surpresa em Nova York, tradicional reduto dos democratas. Estima-se que para cada republicano registrado na cidade existam outros cinco democratas. Green, porém, perdeu apoio dos hispânicos, que queriam ver Fernando Ferrer como candidato do Partido Democrata. Nas primárias, Ferrer perdeu para Green, mas acabou levando parte de seu apoio.Além disso, Bloomberg recebeu o apoio do atual prefeito de Nova York, Rudolph Giulliani, cuja popularidade disparou depois dos atentados terroristas ao World Trade Center. Semanas antes da eleição, Green tinha uma vantagem de 15% sobre Bloomberg, que só conseguiu reverter o quadro graças à ajuda de Giulliani.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.