Martine Aubry é nova líder do partido socialista francês

A prefeita de Lille, Martine Aubry, obteve a vitória nas eleições internas do Partido Socialista (PS) francês, com vantagem de apenas 42 votos, contra a ex-candidata presidencial Ségolène Royal, que exige uma nova votação. Partidários de Ségolène contestaram a vitória de Aubry. Manuel Valls, parlamentar socialista que apóia Royal, disse à Rádio France-Info que o resultado foi uma "vergonha para a democracia". A votação envolveu cerca de 135 mil membros do Partido Socialista, de acordo com informações da própria legenda.Aubry, 58 anos, receberá o cargo de primeira-secretária do partido de François Hollande, ex-marido de Ségolène e pai de seus quatro filhos. Hollande fez campanha contra a ex-mulher durante a disputa, que foi dominada pela presença de personalidades. Ela será a primeira mulher a liderar o Partido Socialista francês.Os socialistas são os principais opositores do Partido Conservador, do presidente Nicolas Sarkozy, e desde a eleição de François Mitterrand, em 1981, não ocupam a presidência do país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.