"Mártires" começam a chegar ao Iraque

Milhares de voluntários árabes chegaram hoje ao Iraque dispostos a cometer atentados suicidas, no anunciado começo das "operações de martírio" contra as tropas anglo-americanas, afirmou o porta-voz militar iraquiano em Bagdá, Hazem al Rawi.Durante uma entrevista coletiva, transmitida pela rede de TV árabe Al-Jazira, o porta-voz confirmou que são mais de 4.000 os árabes que chegaram ao Iraque para se converter em "mártires". "Os mujahedeens chegaram provenientes de todos os países árabes, sem exceção", afirmou Al Rawi. "Os futuros mártires juraram não retornar a seus países e pediram para ser sepultados no Iraque".Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.