REUTERS/Brian Snyder
REUTERS/Brian Snyder

Massacre de Charleston será investigado como terrorismo doméstico

Segundo o departamento de Justiça, chacina será examinada 'sob todos ângulos'; crime de ódio também é cogitado pelas autoridades

O Estado de S. Paulo

19 de junho de 2015 | 16h04

WASHINGTON - O Departamento de Justiça americano informou nesta sexta-feira, 19, que o massacre de nove pessoas em Charleston, na Carolina do Sul, está sendo investigado como crime de terrorismo doméstico. Segundo uma porta-voz do departamento, o inquérito investiga o caso também como crime de ódio. 

Nesses casos, se indiciado, o atirador Dylan Roof será julgado pela Justiça federal americana. “O departamento de Justiça está investigando o crime de todos os ângulos, entre eles crime de ódio e terrorismo doméstico”, disse a porta-voz Emily Pierce. 


Tudo o que sabemos sobre:
CharlestonEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.