Matador de adolescente negro continuará preso

A Justiça da Flórida determinou ontem que o vigilante que matou a tiros o adolescente negro Trayvon Martin permanecerá preso até receber o indiciamento formal, previsto para o dia 29. George Zimmerman apareceu diante da corte de cabeça raspada e barba por fazer, algemado e vestido com o uniforme cinza dos presidiários do Estado. Seu advogado, Mark O'Mara, afirmou que não pediu ao tribunal o estabelecimento de uma fiança porque Zimmerman não teria um local seguro para se abrigar.

O Estado de S.Paulo

13 de abril de 2012 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.