Matemático que inspirou filme 'Uma mente brilhante' morre em acidente de carro

O matemático John F. Nash Jr., que revolucionou o campo da Teoria dos Jogos e inspirou o filme "Uma mente brilhante", morreu nos Estados Unidos, informa a imprensa do país. Um dos agraciados com o Nobel de Economia em 1994, Nash morreu em um acidente do carro, que também vitimou sua mulher, Alicia.

Estadão Conteúdo

24 de maio de 2015 | 12h13

Nash tinha 86 anos e sua mulher, 82. Eles estavam em um táxi que se envolveu em um acidente no sábado, na New Jersey Turnpike, de acordo com informações da polícia local. Uma autoridade policial disse que aparentemente o casal estava sem cinto de segurança, no momento do acidente.

De acordo com o jornal Washington Post, o casal vivia em Princeton Junction, Nova Jersey. O jornal lembra a trajetória do matemático, que, ainda um estudante de graduação em Princeton, produziu um trabalho de 27 páginas sobre a teoria dos jogos considerado um dos mais celebrados nesse campo. Antes de ser reconhecido academicamente, porém, ele sofreu problemas de saúde e teve uma esquizofrenia diagnosticada, sofrendo com alucinações.

Nash conseguiu, porém, controlar o problema, após uma longa batalha. Em 1998, lançou o livro "Uma mente brilhante", que foi adaptado para o cinema três anos depois, com o ator Russell Crowe no papel do matemático. A obra levou quatro prêmios Oscar, incluindo o de melhor filme, na cerimônia realizada em 2002. Crowe foi indicado, mas não levou. O Washington Post lembra que o filme fez de Nash uma celebridade internacional, talvez o matemático mais famoso na história recente para o público leigo. (Gabriel Bueno da Costa, com agências internacionais)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAmatemáticomorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.