Kyodo News/AP
Kyodo News/AP

Mau tempo mata dez alpinistas em montanhas do Japão

Mulher de 64 anos estava entre as vítimas, que não resistiram às chuvas e ventos na região

AP

17 de julho de 2009 | 02h24

Dez alpinistas de expedições diferentes morreram em duas montanhas da ilha de Hokkaido, no norte do Japão, devido às instáveis condições meteorológicas, informou hoje a agência local de notícias Kyodo.

 

Nove dos mortos foram encontrados a 2.411 metros de altitude. Eles subiam o monte Tomuraushi, com mais dez pessoas. Duas delas ainda estão desaparecidas na montanha, enquanto as demais estão a salvo.

 

Outro grupo de seis pessoas escalava outro monte da mesma ilha, o Biei, e previam atravessar a montanha Taisetsu entre ontem e domingo.

 

Desses seis, uma mulher de 64 anos e procedente da província japonesa de Hyogo morreu quando se encontrava a 2.052 metros de altitude, onde, segundo fontes meteorológicas, caíam fortes chuvas e ventava muito.

 

Os outros cinco alpinistas do grupo já estão fora de perigo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.