Mauritânia recebe dois prisioneiros de Guantánamo

Um grupo de apoio a prisioneiros informou que três mauritanos, incluindo dois detidos em Guantánamo, foram devolvidos ao seu país nesta sexta-feira, 31, à noite. Hamoud Ould Nabagha, presidente do Comitê de Apoio aos Presos de Guantánamo, disse que os prisioneiros chegaram ao aeroporto de Nouakchott a bordo de um avião militar dos Estados Unidos.

AE, Agência Estado

01 Junho 2013 | 13h05

Ele afirmou ainda que os prisioneiros incluem Mohamedou Ould Slahi e Ahmed Ould Abdel Aziz, ambos os quais foram mantidos em Guantánamo. O terceiro é El Haj Ould Cheikh El Houssein Youness, que foi mantido em uma base militar dos EUA no Afeganistão.

Nabagha disse que os detentos foram entregues à polícia da Mauritânia, que pode interrogá-los antes de sua liberação. O presidente mauritano, Mohamed Ould Abdel Aziz, afirmou recentemente que o detentos de Guantánamo seriam libertados em breve. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.