Mauritanos fazem ato de apoio aos palestinos

A polícia da Mauritânia, país islâmico do oeste africano, barrou com violência hoje uma manifestação pró-palestinos, espancando figuras políticas e líderes de grupos de direitos humanos. A Mauritânia é um dos três países pertencentes à Liga Árabe que mantêm relações diplomáticas com Israel. O governo proibiu qualquer demonstração em prol dos palestinos. A mídia, totalmente dominada pelo Estado, não veicula nenhuma informação sobre os conflitos no Oriente Médio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.