AFP PHOTO / POOL / Matt Dunham
AFP PHOTO / POOL / Matt Dunham

May confessa que derramou ‘uma lágrima’ ao saber do revés eleitoral no Reino Unido

Premiê contou que se sentiu ‘devastada’ quando soube que havia perdido maioria parlamentar

O Estado de S.Paulo

13 Julho 2017 | 10h16

LONDRES - A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, disse ter derramado "uma lágrima" quando uma pesquisa de boca de urna revelou que ela havia perdido a maioria parlamentar na eleição antecipada de 8 de junho.

May contou à rádio BBC que se sentiu "devastada" quando os resultados surgiram e mostraram que ela havia perdido a maioria parlamentar, apesar de seu clamor para que os britânicos lhe dessem um mandato forte para negociar a saída do Reino Unido da União Europeia - Brexit.

A premiê disse que sua campanha não foi "perfeita", mas esperava que seu partido ampliasse sua maioria.

May afirmou que seu marido, Philip, lhe comunicou o resultado da boca de urna e a abraçou para consolá-la. "Quando o resultado chegou foi um choque completo", disse ela. "Levou alguns minutos para entender o que aquilo estava me dizendo.”

A primeira-ministra enfrentou pedidos de renúncia de dentro e fora do governista Partido Conservador depois de perder a maioria em uma eleição que acabou mergulhando o Reino Unido em sua pior instabilidade política em décadas.

"Quando se chegou ao verdadeiro resultado, muitas pessoas dentro do partido que haviam estado próximas da campanha ficaram genuinamente chocadas", disse a premiê.

May afirmou que não cogitou renunciar e se recusou a responder quanto tempo ainda permanecerá no poder. "Ainda vejo que há muito que precisamos fazer e, como primeira-ministra, quero seguir com esse trabalho de mudar as vidas das pessoas para melhor.” / REUTERS

Mais conteúdo sobre:
Reino Unido Brexit Theresa May

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.