McCain, 71, enfrenta desafios por idade na disputa à Casa Branca

Aos 71 anos, John McCain,pré-candidato republicano na corrida presidencial dos EUA,precisa convencer seus eleitores de que, apesar de sua idade,ainda está apto a enfrentar os rigores do que costuma serdescrito como o emprego mais difícil do mundo. "Não sou o candidato mais jovem, mas sou o maisexperiente", afirma o senador de cabelos brancos, eleito pelaprimeira vez para o Congresso em 1982 após passar 22 anos naMarinha. As pressões do cargo fazem-se evidentes sobre os que ocupama Casa Branca. O ar juvenil de George W. Bush quando da posseem janeiro de 2001, aos 54 anos de idade, deu lugar a cabelosgrisalhos e a rugas ao redor dos olhos. Se vencer, McCain, que completa 72 anos em agosto, setornaria em janeiro de 2008 a pessoa mais velha a tomar possecomo presidente dos EUA. Ronald Reagan tinha 69 anos quantoassumiu o cargo em 1981. McCain, um prisioneiro de guerra no Vietnã durante cincoanos que mais tarde sobreviveu a um câncer de pele, mantém umaagenda de campanha extenuante, realizando frequentemente trêsou mais eventos por dia e exaurindo alguns de seus assessoresmais jovens. O senador pelo Estado do Arizona costuma fazer comíciosacompanhado de sua mãe e não perde tempo em dizer, para os quese preocupam com a idade dele, que basta olhar para RobertaMcCain, uma ativa senhora de 96 anos. Apesar de ser mais velho que seus adversários do PartidoDemocrata, os senadores Barack Obama, 46, e Hillary Clinton,60, McCain parece estar em boa forma e dá mostras de umraciocínio rápido. Um norte-americano branco, de 72 anos de idade, possuiainda pela frente, em média, 12,5 anos de vida, segundo dadosconstantes de um relatório do governo lançado recentemente. Cerca de metade desses homens deve morrer antes disso, ecerca de metade, depois. Se conquistar dois mandatospresidenciais, McCain ficaria oito anos na Casa Branca, de ondesairia com 80 anos de idade, o que faria dele o presidente maisvelho da história dos EUA. Menos de 1 por cento dos entrevistados em uma pesquisa doThe New York Times/CBS no início da campanha disseram que aspessoas na casa dos 70 anos estavam mais aptas para serempresidente; 52 por cento escolheram as que estão na casa dos50. IMPORTÂNCIA DO VICE A idade de McCain é um dos motivos pelos quais a escolhadele para seu candidato a vice-presidente promete seracompanhada de perto. Se McCain morrer no cargo, ovice-presidente assumiria o poder. "As pessoas acreditam que ele está bem de saúde, mas aidade é um fator a ser levado em consideração", disse umassessor da liderança do Partido Republicano. "Independentemente de quem ele escolha para ser seu vice, ochamariz da história será que essa pessoa pode vir a governar opaís." Um teste importante poderia ocorrer nos debatespresidenciais para as eleições gerais, particularmente seMcCain tiver de enfrentar Obama, que completa 47 anos de idadeem agosto. Obama, que pode se tornar o primeiro presidente negro dosEUA e um dos mais jovens, gosta de lembrar as pessoas sobre olongo período de atividade de McCain, afirmando: "Eu respeitoJohn McCain por seu meio século de serviços prestados a essepaís." (Reportagem adicional de Richard Cowan e Steve Holland)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.