Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

McCain afasta assessor por vídeo com teor racial

A campanha do republicano JohnMcCain à Presidência afastou na quarta-feira um funcionário quedistribuiu um vídeo com teor racial, envolvendo o pré-candidatodemocrata Barack Obama e um polêmico pregador. Soren Dayton foi punido quando se soube que ele estavaenviando o vídeo, que usava, segundo o site político.com,sermões polêmicos do pastor Jeremiah Wright para tentar provarque Obama não é patriota. "Fomos muito claros sobre o tipo de campanha quepretendemos conduzir, e esse funcionário agiu em violação ànossa política. Ele foi repreendido pela liderança da campanhae suspenso da campanha", disse Jill Hazelbaker, assessora deimprensa de McCain. Dayton não atuava no gabinete de comunicação da campanha efoi descrito como um funcionário de baixo escalão, que teriapostado o vídeo numa rede de relacionamentos. Obama, que tenta se tornar o primeiro presidente negro dopaís, fez nesta semana um discurso com críticas ao pastor, queconsidera os EUA racistas e já disse em sermões que o governo éa origem do vírus da Aids e que o 11 de Setembro foi uma reaçãoà política externa do país. Wright foi pastor da igreja que Obama frequenta há duasdécadas. Ele se aposentou recentemente. (Reportagem de Steve Holland)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.