McCain diz que permitirá ao Tesouro renegociar hipotecas

O candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, John McCain, disse que dará autoridade ao Departamento do Tesouro dos EUA para comprar dívidas de mutuários e renegociar individualmente hipotecas, uma proposta para ajudar famílias em dificuldades. McCain fez as declarações no começo do segundo debate presidencial com o candidato democrata Barack Obama, na noite desta terça-feira."Essa é minha proposta. Não é uma proposta do senador Obama. Não é uma proposta do presidente Bush", disse o candidato republicano.Já Obama disse que a atual crise econômica é o "veredicto final das políticas econômicas falidas" do presidente Bush e que a crise financeira é a pior desde a Grande Depressão, que se seguiu à quebra da Bolsa de Nova York em 1929.Ambos os candidatos manifestaram suas preferências sobre quem gostariam que fosse o próximo secretário do Tesouro.McCain, se eleito, disse que gostaria de ver a ex executiva-chefe da Ebay, Meg Whitman, no cargo.Obama disse que o investidor Warren Buffett seria "uma ótima escolha" para o cargo, mas disse que existem outros nomes."A chave da solução do problema é tornar seguro que o próximo secretário do Tesouro entenda que ajudar apenas aqueles que estão no topo do sistema não é o suficiente", afirmou Obama.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.