McCain lança mensagem econômica às mulheres

O candidato republicanoà Casa Branca, John McCain, prometeu na sexta-feira lutar pelaigualdade salarial entre homens e mulheres e acusou seuadversário democrata, Barack Obama, de adotar políticas queiriam prejudicar as empreendedoras e suas famílias. McCain, que disputa o espólio eleitoral da ex-pré-candidatademocrata Hillary Clinton, disse que as mulheres avançarammuito em diversos campos, mas ainda estão em desvantagem. "As mulheres fizeram enormes progressos nos últimos anos,seja na política ou nos negócios. [Mas] não fizemos o bastante.E estou comprometido em garantir que haja pagamentos iguais portrabalhos iguais", disse ele a uma platéia predominantementefeminina. Embora tenha admitido que Obama tem preocupações com asmulheres, ele criticou as propostas do rival. "O fato é:tirando toda a retórica bonita, as políticas do senador Obamadificultariam que as mulheres lancem novos negócios, que criemou encontrem novos empregos, que administrem o orçamentofamiliar e arquem com o ônus fiscal", afirmou o republicano. McCain passou a semana falando de economia e acusando Obamade fazer propostas que elevariam impostos e seriam prejudiciaisàs famílias e às pequenas empresas. A campanha de Obama reagiu com suas próprias acusações. "O senador McCain sugeriu que a razão para as mulheres nãoterem salários iguais não seria a discriminação no trabalho --seria porque elas precisam de mais educação e treinamento",disse nota assinada por Anita Dunn, consultora do comitêdemocrata. "O senador Obama não teria como discordar maisdisso." Em seu pronunciamento, McCain elogiou a campanha feita porHillary nas eleições primárias e citou mulheres importantes queo apóiam, como a executiva-chefe do site eBay, Meg Whitman, e aex-CEO da Hewlett-Packard Carly Fiorina. Cindy McCain fez a apresentação do marido e falou dosdesafios para conciliar o papel de mãe com a de executiva daempresa familiar de distribuição de cerveja, quando o pai delamorreu. De brinde, ela deu uma dica de dieta: "Quer saber comoperder 30 libras [13,5 quilos]? Ajude seu marido a concorrer apresidente," brincou ela, pedindo desculpas por usar calçasdois números acima do ideal. (Reportagem de adicional de Claudia Parsons)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.