McCain pede renúncia de senador acusado de corrupção

O candidato republicano à presidência, John McCain, pediu hoje que o senador pelo Alasca Ted Stevens renuncie. Stevens foi condenado em um caso de corrupção. Para McCain, o político "quebrou a confiança" que a população depositava nele. Um júri afirmou ontem que Stevens, de 84 anos, era culpado em sete quesitos por tentar esconder mais de US$ 250 mil em presentes de um empreiteiro do setor de petróleo.Em um comunicado divulgado por sua campanha, McCain afirmou que as condenações eram "um sinal da saúde de nossa democracia", pois os representantes do povo respondem por "conduta imprópria ou ilegal". No Senado desde 1968, o republicano Stevens busca um novo mandato na semana que vem. Ele pode ser sentenciado a até 35 anos, mas deve receber bem menos, ou mesmo ainda uma sanção menor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.