McCain pode ter vice que defende direito ao aborto

O candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, John McCain, disse que não descartou a hipótese de escolher como companheiro de chapa o popular governador da Pensilvânia, Tom Ridge, apesar de seu apoio ao direito de escolha das mulheres ao aborto, um tema polêmico com potencial de incendiar a base conservadora de seu partido. Numa entrevista concedida ao periódico The Weekly Standard e publicada hoje, McCain parece testar uma possível chapa, comparando os prós e os contras de ter Ridge como vice."E eu também sinto - e não estou tentando usar nenhuma expressão ambígua - que os americanos querem que trabalhemos juntos", disse McCain. "Vocês sabem: Tom Ridge é um dos grandes líderes (do partido) e é fato que ele é favorável ao direito de escolha. E eu não acredito que isso exclua a possibilidade de formar chapa com Tom Ridge".McCain é contra o aborto. Seu principal rival nas eleições americanas, o candidato democrata Barack Obama, é a favor da concessão do direito de escolha à mulher na maioria dos casos.A eleição presidencial americana é vencida na base do Estado por Estado, sendo que as unidades mais populosas da federação, como a Pensilvânia, têm mais peso no resultado final.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.