McCain se recupera e empata com Obama, indica Gallup

O candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, John McCain, recuperou-se nas intenções de voto do eleitorado norte-americano nos últimos dois dias e agora está em empate técnico com o candidato democrata Barack Obama, indica a pesquisa diária do Gallup, publicada hoje na página do instituto na internet. Segundo o levantamento, Obama e McCain estão agora empatados com 46% das intenções de voto cada um, enquanto 4% dos eleitores estão indecisos e outros 4% dizem que não votarão em nenhum dos dois candidatos. Na última pesquisa, publicada ontem, Obama liderava com 47% das intenções de voto e McCain tinha 44%. A sondagem publicada hoje mostra um cenário diferente dos outros dias desta semana inteira, quando Obama liderou, aparentemente capitalizando a raiva e a frustração do público com a crise financeira nos EUA. Na pesquisa publicada no domingo, ele liderava com 49% das intenções de voto enquanto McCain tinha 45%."Esta pesquisa inclui a noite do dia em que McCain anunciou que havia suspenso sua campanha eleitoral para ir a Washington e buscar uma solução bipartidária para a crise financeira. Uma análise das pesquisas feitas nas últimas noites, no entanto, não indica que McCain teve uma melhora dramática apenas na quarta-feira; os dados mostram que nos últimos três dias ele conseguiu retirar alguns pontos do rival", avalia o Gallup.Segundo o instituto, os três debates entre os candidatos a presidente e o debate entre os vices poderão alterar o cenário novamente nos próximos dias. Porém, de acordo com o Gallup, "esta é a primeira pesquisa desde 13 de setembro na qual Obama não tem pelo menos um ponto porcentual de vantagem". Foram entrevistados 2,731 eleitores registrados entre 22 e 24 de setembro e a margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.