Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

McCain supera Romney em Michigan

O senador John McCain tem umaligeira vantagem sobre o ex-governador Mitt Romney na vésperada primária republicana de Michigan, segundo pesquisaReuters/C-SPAN/Zogby divulgada na segunda-feira. McCain, vencedor da primária da semana passada em NewHampshire, tem 27 por cento das intenções de voto, contra 24por cento de Romney. O resultado configura empate técnico, jáque a margem de erro é de 3,3 pontos percentuais. Romney, ex-governador de Massachusetts, mas criado emMichigan, Estado que foi governado por seu pai na década de1960, ficou em segundo lugar nas disputas partidárias de Iowa eNew Hampshire, e por isso precisa de uma vitória para manter oimpulso da sua pré-candidatura. "Está muito apertado, e esteve muito apertado em todos osdias que pesquisamos", disse o especialista em levantamentoseleitorais John Zogby. Entre sexta e domingo foram ouvidos 915possíveis eleitores republicanos (nesse tipo de pesquisa, osresultados vão incluindo a amostragem mais recente a cada dia eeliminando a amostragem mais antiga). Mike Huckabee, ex-governador de Arkansas e vencedor no"caucus" de Iowa, aparece em terceiro lugar em Michigan, com 15por cento. Em seguida vêm o deputado Ron Paul (8 por cento), oex-prefeito de Nova York Rudy Giuliani (6 por cento) e oex-senador Fred Thompson (5 por cento). Os democratas também realizam suas primárias em Michigan,mas uma disputa entre a direção nacional e estadual do partidolevou Barack Obama e John Edwards a retirarem seus nomes dacédula, deixando Hillary Clinton como franca favorita. McCain já venceu a primária de Michigan quando tentou sercandidato em 2000. A pesquisa mostra que ele tem ampla vantagementre democratas e independentes, que podem votar na disputapartidária republicana neste Estado. Entre os republicanos,Romney vence por 30-17 por cento. McCain também lidera entre eleitores que se dizemmoderados, enquanto Huckabee é o favorito dos "muitoconservadores." Para 47 por cento dos entrevistados, a economia é oprincipal tema da eleição. Nesse grupo, McCain e Romney estãovirtualmente empatados. Para outros 18 por cento, o principal tema é a guerra doIraque, e aí McCain, ex-prisioneiro de guerra do Vietnã, levavantagem. Para 52 por cento, a experiência do candidato é maisimportante que a mudança. Outros 38 por cento acham ocontrário. Quase um quinto dos eleitores de McCain se decidiram porele nos últimos dias, depois da vitória de terça-feira em NewHampshire, segundo Zogby. Ainda há cerca de 9 por cento deindecisos, e quase metade dos simpatizantes de McCain e Romneyadmitem que ainda podem mudar de voto.

JOHN WHITESIDES, REUTERS

14 de janeiro de 2008 | 09h32

Tudo o que sabemos sobre:
EUAELEICAOMICHIGANPESQUISA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.