McCartney diz que foi ''grampeado'' por jornal

Paul McCartney foi alvo de escutas telefônicas ilegais por parte de jornais britânicos, revelou o próprio ex-Beatle ontem, um dia após sua ex-mulher Heather Mills fazer a mesma acusação ao jornal Mirror. "Aparentemente, fui grampeado", disse McCartney à Associação de Críticos de Tevê, em Ohio. Ele não esclareceu qual jornal "grampeou" seus telefones, mas destacou que denunciará a situação às autoridades britânicas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.