McDonald´s indeniza cliente por mordida de rato

Rede fast-food do nordeste da China terá de pagar R$ 590 a estudante

Agencia Estado

15 Junho 2007 | 02h48

O McDonald´s, maior rede de restaurantes fast-food do mundo, foi condenado a pagar cerca de 2.200 iuans (R$ 590) a uma estudante após um rato mordê-la em uma das lojas da empresa no nordeste da China, informou a mídia neste domingo, 10. Uma Corte local da cidade Shenyang, província de Liaoning, ordenou o pagamento - incluindo custos que incluem R$ 260 por danos psicológicos - pelo incidente ocorrido no ano passado, informou o China Merchant Morning Post. A mulher, cujo nome não foi revelado, contou que o rato subiu pela sua perna e a mordeu na coxa enquanto ela estava comendo dentro da lanchonete. A estudante pediu 20 mil iuans (cerca de R$ 5,2 mil) de indenização. Ela disse que o incidente originou uma fobia de camundongos brancos e coelhos. O McDonald´s negou o pedido da estudante, incluindo acompanhamento médico e outras remunerações, dizendo que faltavam provas. A Corte determinou que o McDonald´s é responsável pela higiene adequada de seus restaurantes, de acordo com padrão relevante de higiene da China, e deve indenizar a mulher por falhar no compromisso de proteger o consumidor.

Mais conteúdo sobre:
McDonald´s rato fast-food

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.