Mediador internacional pede cessar-fogo na Síria

O mediador internacional Lakhdar Brahimi reuniu-se com o ministro do Exterior sírio, Walid al-Moualem, em Damasco, neste sábado, pressionando por um cessar-fogo entre as forças do presidente Bashar al-Assad e os rebeldes.

Agência Estado

20 de outubro de 2012 | 20h22

Brahimi, enviado especial da ONU e da Liga Árabe para a crise síria, tem cruzado a região com o objetivo de convencer os envolvidos a apoiarem a ideia durante o feriado islâmico que começa na quinta-feira. "Conclamamos o governo sírio a interromper todas as operações militares e pedimos o mesmo para as forças da oposição", disse a porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Victoria Nuland.

O cessar-fogo anterior foi interrompido em poucos dias, com os dois lados atribuindo a culpa a outro. O mediador na ocasião, Kofi Annan, renunciou ao posto meses depois. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.