Médico de Michael Jackson deve ser acusado na 2ª feira

Um porta-voz da promotoria do condado de Los Angeles, nos Estados Unidos, disse que o caso da morte de Michael Jackson será apresentado formalmente na segunda-feira, e que, até lá, não serão divulgados mais detalhes.

AE-AP, Agencia Estado

05 de fevereiro de 2010 | 18h31

O porta-voz Sandi Gibbons divulgou um comunicado hoje, mas não diz que tipo de caso será aberto ou quem será acusado. Os advogados do médico de Jackson, o cardiologista Conrad Murray, acreditam que ele será acusado por assassinato culposo. Murray deu a Jackson um poderoso anestésico e sedativos antes da morte do cantor em 25 de junho.

Tudo o que sabemos sobre:
Michael Jacksonmédicoprocesso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.