Médico diz que Arafat tinha HIV

O médico pessoal de Yasser Arafat, Ashraf al-Kurdi, afirmou ontem que o ex-líder palestino foi contaminado pelo vírus HIV pouco antes de morrer, em 2004, num hospital de Paris. Em declarações à imprensa jordaniana, Al-Kurdi também afirmou que, apesar da contaminação com o vírus, a causa da morte de Arafat foi envenenamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.