Médico diz que viu Bin Laden com boa saúde

Um médico paquistanês recentemente liberado após ficar sob custódia por um mês e questionado por agentes dos EUA disse hoje ter visto Osama bin Laden em novembro último e que o líder da Al-Qaeda estava em excelentes condições."Quando eu o vi pela última vez ele estava com excelente saúde", disse o doutor Amer Aziz à AP. "Ele estava andando. Ele estava saudável".Aziz, um cirurgião-ortopedista formado na Grã-Bretanha, disse que foi chamado para um encontro em novembro de 2001 em Cabul, a capital afegã. Foi então pedido a ele para tratar um líder da Al-Qaeda, Mohammed Atef. Bin Laden e seu lugar-tenente, Ayman al-Zawahiri, estavam presentes.Aziz relatou que Bin Laden não aparentava os supostos problemas nos rins que ele sofreria. "Não vi evidências de doença do rim. Não vi qualquer evidência de diálise", afirmou.Aziz disse ter sido a segunda vez que se encontrou com Bin Laden. A primeira foi em 1999, quando Aziz atendeu o líder da Al-Qaeda de um ferimento nas costas que sofreu ao cair de um cavalo no sul do Afeganistão. Bin Laden estava em boas condições de saúde nas duas vezes, relatou.Aziz foi recentemente liberado, sem explicação oficial, após ter sido mantido incomunicável e interrogado por um mês pelo FBI e agentes da CIA. Ele falou à AP em sua clínica na cidade oriental paquistanesa de Lahore.Aziz disse que os agentes americanos o interrogaram sobre a saúde de Bin Laden, pediram os nomes dos que foram tratados por ele, e o acusaram de ajudar a Al-Qaeda a obter armas de destruição em massa. Ele nega a acusação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.