Médicos de Hillary falam em 'recuperação total'

A equipe médica que trata a secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, afirmou ontem estar confiante de que ela terá uma "recuperação total" em breve. Um coágulo na cabeça de Hillary foi detectado no domingo e a número 1 da diplomacia de Washington foi submetida a um tratamento com medicamentos que afinam o sangue. Segundo os médicos, o coágulo foi formado após Hillary cair em sua casa e bater a cabeça. Mas ela não sofreu nenhum tipo de derrame, garantiram os médicos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.