Médicos ingleses temem reclassificação da maconha

A Associação Médica Britânica expressou, hoje, preocupação com os planos governamentais de reduzir o status da maconha como droga. Pelas nova regras, a maconha desceria da classe B para a classe C, a partir do dia 29, o que tornaria sua posse um crime menos sério.Mas a associação afirma que o fumo crônico da maconha aumenta os riscos de doenças cardíacas, câncer de pulmão, bronquite e enfisema. E adverte que a reclassificação da droga pode levar pessoas a acreditar que estão a salvo desses males.?O público precisa estar atento para os efeitos nocivos que sabemos resultar do fumo desta droga?, diz Peter Maguire, presidente do comitê de ciência da BMA (sigla da associação em inglês). ?A BMA preocupa-se extremamente em que o público acredite que reclassificação é igual a ?segurança?. Não é.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.