Médicos trocam o tubo da traqueostomia de Ariel Sharon

A equipe médica que cuida do primeiro-ministro Ariel Sharon no Hospital Universitário Hadassa trocou hoje, quarta-feira, o tubo da traqueostomia feita há dois dias para facilitar sua respiração. Fontes do hospital que informaram da mudança esclareceram que se trata de "um assunto técnico" sem explicar os motivos, e que o estado de Sharon continua sendo "grave mas estável".Após essa intervenção em uma sala de cirurgia do Hadassa, o chefe do governo, que está há quase três semanas no hospital, desde que sofreu um derrame cerebral, foi levado esta madrugada à sala de cuidados intensivos do Departamento de Neurocirurgia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.