Medvedev anuncia ação contra extremistas

O presidente russo, Dmitri Medvedev, anunciou uma ofensiva contra grupos extremistas que, segundo ele, estariam tentando se aproveitar da crise econômica para causar instabilidade na Rússia. Ele mencionou o aumento no número de ataques racistas nos últimos meses como um fenômeno que se teria tornado uma "ameaça à segurança do país".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.