Medvedev anuncia participação na cúpula da Otan em novembro

Angela Merkel e Sarkozy elogiam iniciativa do líder russo e reunião trilateral na França

Efe

19 de outubro de 2010 | 09h01

Presidentes se encontram em Deauville, na França.

 

DEAUVILLE - O presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, anunciou nesta terça-feira, 19, que participará da cúpula da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), em Lisboa, no mês que vem, e disse esperar que a aliança esclareça como quer estabelecer sua cooperação com Moscou.

 

"Vou participar da cúpula da Otan em Lisboa", declarou Medvedev durante entrevista coletiva ao lado do presidente da França, Nicolas Sarkozy, e da chanceler da Alemanha, Angela Merkel, após a reunião que tiveram em Deauville, no noroeste da França.

 

O chefe de Estado russo considerou que sua presença na cúpula "vai contribuir para o estabelecimento de compromissos". A chanceler alemã se disse "muito contente" com o anúncio, já que a Europa enfrenta "ameaças em comum".

 

A reunião entre os três líderes busca reforçar a confiança entre Moscou e o Ocidente. O encontro ocorreu serviu para abordar diversos assuntos da agenda internacional, como as ambições nucleares do Irã, o conflito do Oriente Médio e a situação no Afeganistão.

 

Fontes francesas indicaram antes do início do encontro que as autoridades estão "muito satisfeitas" com o interesse de Moscou na aplicação de sanções contra o Irã por causa do programa atômico da República Islâmica e do consequente risco de proliferação nuclear.

 

As fontes também disseram que a França está "muito propícia" a que a Rússia tenha um papel na gestão do conflito no Oriente Médio, e agradeceram a ajuda que Moscou presta à Otan ao permitir o trânsito por seu território do transporte de suprimentos às forças mobilizadas no Afeganistão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.