Medvedev: Rússia manterá tropas na Ossétia e Abkházia

A Rússia vai manter suas forças de paz na Ossétia do Sul e na Abkházia, duas províncias separatistas pró-Moscou da Geórgia, como acontecia antes da guerra, anunciou hoje em Moscou o presidente russo, Dmitry Medvedev, em entrevista coletiva concedida ao lado do presidente da França, Nicolas Sarkozy.Sarkozy disse que a Rússia não tem a intenção de permanecer na Geórgia e afirmou que a União Européia (UE) está preparada para enviar mantenedores de paz à região se as partes em conflito concordarem. A França ocupa atualmente a presidência de turno da UE. "Os russos não têm a intenção de continuar na Geórgia e o presidente Medvedev me confirmou isso pessoalmente", disse Sarkozy.Os ministros de Relações Exteriores dos países membros do G-7 (grupo dos sete países mais industrializados do mundo) planejam fazer uma teleconferência hoje para tratar da crise entre a Rússia e a Geórgia, segundo Robert Wood, porta-voz do Departamento de Estado dos Estados Unidos. "Acredito que haverá um telefonema em algum momento ainda hoje", afirmou Wood. Os ministros do G-7 recomendaram que a Rússia aceite a proposta de cessar-fogo no conflito na Ossétia do Sul depois de uma teleconferência realizada ontem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.